Operação Regalia desbarata quadrilha que agia no presídio e Anápolis

Bandidos usam presídios como hotéis para comandar o crime de suas celas (escritórios) na maior tranquilidade… Onde esta e o quê esta fazendo o poder público diante de tamanha desfaçatez?

Presídio de Anápolis se transformou em um verdadeiro escritório do crime Os promotores de Justiça do Ministério Público de Goiás (MP-GO), que comandaram a Operação Regalia II, deflagrada na madrugada desta terça-feira (21/11), em Anápolis (GO), revelou um esquema extremamente profissional de atividades ilegais dentro do Centro de Inserção Social de Anápolis, o qual foi…

via Operação Regalia desbarata quadrilha que agia no presídio e Anápolis — Goias Urgente

Anúncios

Publicado por

Eudigosempre

Blog com a opinião de Reinaldo Cruz sobre as notícias e informações relevantes que circulam na rede.

Um comentário sobre “Operação Regalia desbarata quadrilha que agia no presídio e Anápolis”

  1. Republicou isso em Blog by Goiâniae comentado:

    Bandidos usam presídios como hotéis para comandar o crime de suas celas (escritórios) na maior tranquilidade… Onde esta e o quê esta fazendo o poder público diante de tamanha desfaçatez?

    Presídio de Anápolis se transformou em um verdadeiro escritório do crime Os promotores de Justiça do Ministério Público de Goiás (MP-GO), que comandaram a Operação Regalia II, deflagrada na madrugada desta terça-feira (21/11), em Anápolis (GO), revelou um esquema extremamente profissional de atividades ilegais dentro do Centro de Inserção Social de Anápolis, o qual foi…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s