Após goleada Galvão Bueno elogia, mas porque a imprensa persegue tanto Neymar Jr, o melhor do Brasil?

Neymar é cobrado em excesso pela imprensa?

Caio Ribeiro em recente entrevista a ESPN Brasil disse que os jornalistas e comentaristas exageram nas críticas ao melhor jogador brasileiro em atividade, mas reconheceu que o comportamento do jogador dá margem para que os questionamentos sobre o nível de comprometimento do jogador apareçam.
Em um dos jogos pelas eliminatórias o narrador Galvão Bueno extrapolou a fronteira do que é crítica e o que representa uma ofensa pessoal. O experiente funcionário da TV Globo não teria percebido o seu microfone aberto enquanto o repórter Erick Faria passava uma informação, e foi possível ouvir Galvão chamando Neymar Júnior de “idiota”.
Passado este episódio constrangedor, o Brasil voltou a campo em solo nacional e venceu bem a Seleção do Uruguai, diante de uma atuação irretocável do camisa 10, o narrador se viu obrigado a fazer elogios a ele, que soaram meio forçados pelas circunstâncias, mas que foram úteis para apaziguar a situação, pelo menos momentaneamente, já que o craque do PSG não quis falar com a TV Globo após a partida, deixando os profissionais de imprensa da emissora no vácuo.
Essa relação de amor e ódio não encontra explicação na razão, pois o que leva o principal narrador esportivo do país depreciar o “produto” Neymar perante o telespectador. O fato dele ser apoiador do presidente da República não pode ser a causa disso, já que desde sempre alguém da equipe de esportes da Globo encontra mais defeitos do que qualidades no ex-jogador do Santos FC.

Leia mais: Após bela vitória da seleção brasileira, Galvão Bueno elogia Neymar Jr.: ”Show”

Forbes cita a brasileira Anitta como um dos maiores nomes da música

Anitta cultiva uma fama de arrogante e encrenqueira no meio artístico. São atribuídos a ela também a pecha de que não canta a cultura nacional, mas tudo relacionado a Larissa de Macedo Machado é grandioso desde que ela surgiu no cenário musical brasileiro.

Funkeira, circula com facilidade por vários estilos da MPB, já cantou com Gilberto Gil, Caetano Veloso, Kevinho e no âmbito internacional, Anitta já dividiu o microfone com ninguém mais ninguém menos que a diva do Pop mundial, Madonna. A carreira lá fora já é uma realidade que os críticos tupiniquins teimam em não reconhecer, a cantora carioca anda soltando a voz em pelo menos três idiomas, o que tem encantado o mundo inteiro, menos no Brasil, onde Anitta já deveria ser uma unanimidade por conta do seu talento, repertório e capacidade de abrir novos mercados em mundo cada vez mais globalizado.

A Forbes reconhece o talento dela, mas a imprensa brasileira ainda tem ressalvas quando se refere a ela, muito desse ranço tem a ver com o posicionamento político da garota de Honório Gurgel, dona de uma personalidade forte e uma fortuna estimada em U$ 100 Milhões, ela não se faz de rogada para emitir a sua opinião e críticas em relação ao atual governo do Brasil.

Anitta é uma artista fora de série, uma das maiores da história da MPB e aos poucos vai abrindo caminho para conquistar o seu lugar entre as estrelas do POP Internacional. Não é a primeira vez que a prestigiadíssima publicação americana cita Anitta como a maior estrela da música brasileira, nem a primeira vez que ela ganha todos os holofotes por conta dos seus projetos de carreira, mas é a primeira vez que ela aparece como grande influenciadora no país, artisticamente e politicamente também, os jovens adoram Anitta.

Abaixo matéria de O Tempo:
Em um recente artigo publicado pela Forbes, Anitta, 28, é citada como um dos maiores nomes da música atualmente. O conteúdo fala sobre o empresário Brandon Silverstein, 29, que cuida da carreira internacional da carioca.
 
Normani, 25, é outra das agenciadas por Silverstein. A ex-integrante do grupo Fifith Harmony, que segue carreira solo, já atingiu o top 50 do Spotify com o hit “Wild Side”, gravado em parceira com Cardi B. Nos últimos dias o jovem passou a gerenciar também a carreira do cantor e compositor Lauv, 26.
 
“Com o sucesso de Normani, Silverstein expandiu sua equipe para três e trouxe novos artistas como a estrela pop brasileira Anitta. Sob a tutela de Silverstein, ela ganhou platina RIAA nove vezes no Brasil”, diz trecho do artigo referindo-se ao certificado concedido pela Associação Americana da Indústria de Gravação, sediada nos Estados Unidos.
 
Nos últimos meses, depois de alcançar suas principais metas profissionais, Anitta tem procurado focar mais em si. “Estou tentando viver o máximo que eu posso. Depois de 10 anos de muito trabalho, eu cheguei a um lugar em que posso me dar algumas pausas”, contou a artista em entrevista ao F5.
 
Em 2019, a cantora já havia anunciado que pretendia desacelerar a carreira no ano seguinte, tanto pela pressão de “envelhecer” no mercado, quanto pela sua paixão por negócios. Em 2020, foram menos de dez lançamentos de músicas, contra quase 30 do ano anterior. Ainda assim, Anitta esteve em alta nas rádios, especialmente pelo hit em parceria com Cardi B, “Me Gusta”, e a canção com Luísa Sonza e Pabllo Vittar, “Modo Turbo”.

Fonte:Anitta é citada pela Forbes como um dos maiores nomes da música | O TEMPO

‘Estou desolada’, diz a cantora Paraibana após morte do filho adolescente

A dor da perda de um filho é imensurável, nossos sentimentos a essa mãe que perdeu seu rebento por conta da irresponsabilidade/ maldade de alguns que insistem em machucar as pessoas por meios digitais.

//www.instagram.com/embed.js



Matéria do Jornal O Tempo:
A cantora de forró Walkyria Santos, 43, usou o Instagram para lamentar a morte do filho Lucas Santos, de apenas 16 anos. Abraçada a uma blusa, na qual ela afirmou ainda sentir o cheiro do adolescente por ter sido a última que ele usou e muito emocionada, ela explicou o que motivou a morte do jovem, além de falar sobre a enorme tristeza que sentia.
 
“Hoje é dia 3 de agosto de 2021, eu perdi meu filho”, iniciou. “Uma dor que só quem sente vai entender e isso é sobre o último post que eu havia feito. Nos comentários, como vocês já estão vendo, tem alguns vídeos dele”, disse a cantora, contando sobre um conteúdo que Lucas havia postado no TikTok, a que ela se referiu como “uma brincadeira de adolescente com os amigos”.
 
“Ele pensou que as pessoas achariam engraçado, mas não foi isso que aconteceu. Como sempre, destilaram ódio na internet, deixando comentários maldosos”, criticou. “Meu filho acabou tirando a vida. Estou desolada, acabada, sem chão, mas estou aqui como uma mãe pedindo para que vocês vigiem, para que fiquem alertas”.

Walkyria contou que Lucas já havia dado sinais que sofria de problemas relacionados a saúde mental e que ela fez o que pôde para ajudá-lo: conversou várias vezes com ele e o levou ao psicólogo. “Mas foi só isso, comentários na internet, nesse TikTok nojento, que fizeram com que ele chegasse a esse ponto”, lastimou.
 
“Que Deus conforte o coração da minha família. E que vocês vigiem, porque essa internet está doente, quando as pessoas são um pouco fracas e não se aguentam… que vocês vigiem”, alertou, encerrando a gravação.
 

Natural de Monteiro, na Paraíba, Walkyria ficou conhecida ao integrar a banda Magníficos, que deixou para seguir carreira solo. Entre os principais sucessos dela, se destacam hits como “Você Nunca me Amou” e “Me Usa”. Além de Lucas, a cantora tem mais dois filhos: Bruno, 20, e Maria Flor, 10.

‘Estou desolada’, diz Walkyria Santos sobre morte do filho adolescente | O TEMPO

Os Cactos venceram! Documentário de Juliette ganha o sétimo episódio no Globoplay

Os Cactos pediram e a série documental sobre a vida da favorita do público que venceu o Big Brother Brasil 21, terá um episódio extra no mês de setembro. O sucesso estrondoso da produção embasou os pedidos dos fãs e viabilizaram a sétima parte da produção do Globoplay. Com tanto apelo assim não tinha como ‘Você Nunca Esteve Sozinha – o Doc de Juliette’ não ganhar mais um capítulo.
A série que abordou nos seis primeiros episódios, a vida de Juliette desde a infância até ela sair do reality da TV Globo a mulher mais famosa do Brasil, vai seguir na temática e levará até os Cactos a trajetória que a Pitica paraibana está desenhando na carreira música. Especialistas e cantores consgrados no cenário da MPB afirmam que Juliette tem muito futuro nesse campo em que a voz é a principal ferramenta para vencer.

O a inciativa de lançar um episódio extra da série visa dar continuidade ao sucesso que Juliette alcançou em tão pouco tempo, as diretoras Patrícia Carvalho e Patrícia Cupello prometem uma produção ainda mais requintada, revelando todos os passos de Juliette no mundo musical e como apresentadora do canal Multishow. 

Juliette já cantou com nomes de peso no cenário musical: Elba Ramalho, Gilberto Gil, Alceu Valença, Francisco el Hombre, Israel e Rodolffo, Duda Beat e Wesley Safadão. No telejornal JPB2 ela prometeu cantar com Chico César e no Fantástico revelou a Giovanna Girardi que acalenta o sonho de cantar com Caetano Veloso.

É meus amigos, os Cactos venceram de novo. No que depender de Juliette vem muita novidade por ai, o ano de 2021 é completamente dela, o seu sucesso será do tamanho de seu carísma. Eu acredito nisso. 

Fonte: Os Cactos venceram! Documentário de Juliette ganha o sétimo episódio no Globoplay

Estados articulam ofensiva para barrar proposta de parcelamento de precatórios

A perda de prestígio e credibilidade do governo leva o ministério da economia a tentar manobra para não repassar de uma vez os precatórios aos estados, e assim evitar que opositores tenham acesso a verba às vésperas do ano eleitoral. Jair Bolsonaro segue sua ofensiva contra a Democracia, instituições e o sistema de votação, ao tempo em que tenta asfixiar financeiramente possíveis adversários no pleito de 2022.
 
A matéria do Estadão retrata este cenário:
Os Estados se mobilizam numa ofensiva no Congresso para evitar o parcelamento dos precatórios devidos pela União, medida defendida pela equipe econômica para garantir a ampliação do programa Bolsa Família no ano que vem. Dos R$ 89 bilhões em dívidas judiciais previstos para o Orçamento de 2022, pelo menos R$ 16,6 bilhões têm governos estaduais como credores.
 
Para os Estados, a PEC dos precatórios e o projeto que altera o Imposto de Renda são duas frentes lançadas pelo governo federal que fragilizam as contas dos governos regionais, com perda de arrecadação. Por trás desse imbróglio, há um cálculo político do governo de não querer encher o caixa de governadores adversários do presidente Jair Bolsonaro em ano de eleição, sobretudo no Nordeste. Integrantes do governo têm lançado a suspeita de que o valor elevado faria parte de uma conspiração política do Judiciário para beneficiar esses opositores do presidente.

Estados articulam ofensiva para barrar proposta de parcelamento de precatórios – Economia – Estadão

Procurador da Zelotes não vê provas de corrupção e pede absolvição de Lula e Gilberto Carvalho em ação por incentivos a montadoras

O parecer foi enviado à 10.ª Vara Federal do Distrito Federal pelo procurador Frederico Paiva. Na avaliação dele, as provas colhidas na instrução processual não foram suficientes para comprovar as acusações. A ação penal foi aberta em 2017.
“A denúncia foi devidamente acompanhada de prova da materialidade do crime e indícios suficientes de autoria. Mas a longa instrução processual, que foi submetida a todos os ditames do devido processo legal, não evidencia a participação de Gilberto Carvalho e Luiz Inácio Lula da Silva no ajuste espúrio supostamente conduzido por Mauro Marcondes, pois não fica claro se a justificativa apresentada para justificar o atraso no repasse das quantias a Alexandre Paes dos Santos e José Ricardo dois Santos de fato aconteceu”, diz um trecho da manifestação.

Fonte: Procurador da Zelotes não vê provas de corrupção e pede absolvição de Lula e Gilberto Carvalho em ação por incentivos a montadoras

Maioria dos ministros do STF vota para barrar delação premiada de Sergio Cabral

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já votou para barrar a decisão que homologou o acordo de colaboração premiada do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, com a Polícia Federal. Seis magistrados se manifestaram no plenário virtual da Corte contra a manutenção da delação de Cabral — o julgamento, realizado no plenário virtual, ainda não terminou oficialmente e vai até o dia 28.

O resultado desfavorável à delação do ex-governador do Rio foi formado depois que sete ministros votaram para tornar sem efeito a decisão do ministro Edson Fachin, de 2020, que homologou o acordo de colaboração premiada do ex-governador, condenado a mais de 300 anos de prisão na Operação Lava Jato.


Fonte: Maioria dos ministros do STF vota para barrar delação premiada de Sergio Cabral – Jornal O Globo

Juliette: “Cheguei a duvidar de mim. Não conseguia me olhar no espelho”

Juliette, campeã do BBB21, tem vivido dias atribulados desde 4 de maio, quando deixou a “casa mais vigiada do Brasil” com o prêmio de 1,5 milhão de reais. Em uma rotina de gravações de programas do Multishow, café da manhã do Mais Você, reencontro com  a mãe, viagem para São Paulo, participação no Domingão do Faustão e ensaio fotográfico, ela teve 37 minutos de entrevista — por videochamada — acompanhada por Quem.
Aos 31 anos de idade, Juliette, que é formada em Direito, trabalhava como maquiadora e estudava para prestar concurso público na área jurídica, não se imagina mais como delegada ou defensora pública.”A carreira pública requer uma grande imparcialidade, distanciamento… Agora, as pessoas já me viram de biquíni, já me viram tomando banho, já me viram de todo jeito, sabem que eu me sensibilizo com muita coisa. Então, acho que, infelizmente, não terá mais como ser delegada”, diz.

Elogiada pelo talento vocal, a paraibana, natural de Campina Grande, é incentivada a investir na carreira musical, mas afirma que para trabalhar como cantora precisará estudar e se dedicar antes de se lançar no novo ofício. Além da apaixonada “Torcida Cacto”, como os admiradores dela costumam se identificar, Juliette já recebeu proposta de uma gravadora e elogios públicos de Luan Santana, com quem gravará um clipe, e Rodolffo, seu colega de reality show.

Vencedora da edição chamada de “Big dos Bigs”, ela não perde a espontaneidade ao conversar com os jornalistas. “Estou me achando”, diz, aos risos, quando recebe a roupa, higienizada, para o compromisso que teria na sequência e reage ao descobrir o apelido “Euliette” nas redes sociais.

Fonte: Juliette: “Cheguei a duvidar de mim. Não conseguia me olhar no espelho” – Quem | Entrevista

🔥BBB21: Juliette defende Rodolffo e pode se prejudicar; Gil e João estao com ranços eternos

Juliette segue a mesma linha do início do programa, não combina votos e procura votar com coerência. O público aqui fora entendeu assim, mas dentro da casa, os Brothers se atacam e se unem deixando sempre Juliette a margem de suas convenções.